Friday, April 28, 2006

 

Há festa em Chidenguele


Por Teodósio Bule

Amanhã vou à festa, em Chidenguele. Vai haver um concurso de pesca de margem, a partir das 11 horas de amanhã, até às 11 horas de domingo, dia 30. O concurso é organizado pelo Clube de Desportos local, e as inscrições decorreram até ao dia 27 do corrente, tanto em Chidenguele, como no Clube Marítimo, em Maputo.

Esta iniciativa surge, por coincidência, um mês depois do meu grito de indignação, neste mesmo espaço, a propósito do subaproveitamento das potencialidades do turismo naquela localidade costeira de Manjacaze, em Gaza. Na ocasião, apresentei ao leitor quatro ilustres cidadãos de Chidenguele, chamados respectivamente Toda-a-Gente, Alguém, Qualquer-Um e Ninguém.

Disse então que quando lhes manifestei a minha preocupação face à inércia que caracteriza a comunidade local, na satisfação das necessidades do turista, aqueles habitantes de Chidenguele garantiram-me que também estão conscientes do mar de oportunidades que o turismo oferece à economia local, mas não tinham ainda mexido uma palha por causa do seguinte mal-entendido:

Toda-a-Gente tinha a certeza de que Alguém faria o trabalho necessário, e que servir o turista, pensou ele, não era tarefa para mais do que uma pessoa. Qualquer-Um podia fazê-lo, mas Ninguém o fez.

Alguém zangou-se porque aquilo era trabalho para Toda-a-Gente.

Toda-a-Gente pensou que Qualquer-Um podia tê-lo feito, mas Ninguém
constatou que Toda-a-Gente não o faria.

No fim, Toda-a-Gente culpou Alguém, quando Ninguém fez o que Qualquer-Um podia ter feito!

Ora a iniciativa do Clube de Desportos de Chidenguele vem quebrar este círculo vicioso, e prova que o centro das iniciativas deverá ser a própria localidade de Chidenguele, tendo muito bem presente a principal característica do público-alvo dos produtos turísticos.

Por norma, o turista reside fora do espaço geográfico onde se oferece o produto turístico. É, por isso, necessário fazê-lo deslocar-se ao espaço pretendido. Isso só é possível se a informação lhe for disponibilizada, e se as condições de deslocação forem facilitadas.

O Clube de Desportos de Chidenguele, revelando alto domínio das técnicas de Marketing, aproximou-se o mais possível dos seus potenciais clientes, ao fazer coincidir o seu evento com um fim-de-semana prolongado, e ao abrir igualmente um posto de inscrições em Maputo, mais precisamente no Clube Marítimo, num gesto que alia, ao mesmo tempo, o desporto, o lazer e o negócio.



Artigo inicialmente publicado na coluna mensal "RENASCENÇA", do suplemento de Economia&Negócios, do jornal "notícias" (Moçambique), edição de 28 de Abril de 2006.

Comments: Post a Comment

Links to this post:

Create a Link



<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?